02/06/2017

PULO PARA NA MARCAÇÃO DO YOKA, E SAI COM O EMPATE DENTRO DE CASA!

Na noite desta quinta-feira, 1° de junho, o Pulo do Gato recebeu o Yoka Guaratingueta pela nona rodada da Liga Paulista 2017. O Pulo entrou em quadra com o objetivo de sair vitorioso para tentar alcan


PULO PARA NA MARCAÇÃO DO YOKA, E SAI COM O EMPATE DENTRO DE CASA!

O jogo começou parelho, com as duas equipes estudando a melhor maneira de chegar ao gol adversário, com isso a bola rodava de um lado pro outro, mas no meio da quadra.

Aos quatro minutos de jogo Valtinho levou perigo ao gol de Jhol cobrando duas faltas com força, o arqueiro defendeu ambas as chances. O jogo continuou bem jogado, e com nove minutos o Yoka deu trabalho para o goleiro gatense, que pegou no reflexo em seu canto esquerdo. O gato campineiro respondeu na sequência com Diegão, que no bate e rebate chutou em cima do de Jhol, que salvou mais uma vez.

Depois de criar várias oportunidades, o Pulo passou a ter mais posse de bola e ocupar com mais intensidade o campo adversário, porém o gol custava a sair. A última oportunidade de abrir o placar foi do gato campineiro, que a três minutos do intervalo aproveitou do contra-ataque rápido com Pedrinho e Gabriel, mas no "um dois", o goleiro Jhol interceptou para tiro de canto.

No início da segunda etapa o time de Guará assustou duas vezes o arqueiro gatense, mas os donos da casa tentaram manter o ritmo do primeiro tempo e continuar a pressão em cima do Yoka.
Mas na terceira tentativa, após confusão na área do Pulo, o Yoka aproveitou para abrir o placar com Gui. Pulo 0 x 1 Yoka.

O time campineiro não se abalou e quase chegou ao empate minutos depois com Valtinho, cobrando mais uma falta com perigo, Jhol defendeu.

E novamente, agora há cinco minutos do fim, Pedrinho e Biro tabelaram, mas Pedrinho, na cara do gol, chutou na rede pelo lado de fora. Já no lance seguinte o time campineiro igualou o marcador, que depois de tantas chances criadas, Darrier acertou um forte chute no ângulo de Jhol, que dessa vez não pegou, dando números finais ao marcador, Pulo 1 x 1 Yoka.

Para o técnico Jabá, o jogo foi muito difícil, pois o Yoka veio com uma proposta diferente de jogo, e que deu as melhores chances ao Pulo foi um quarteto mais leve, mas o comandante aurinegro teve de usar o quarteto mais experiente para controlar a partida. "Para a próxima partida vamos em busca dos três pontos fora de casa, mas não podemos esquecer que clássico é clássico", finalizou Jabá.

O Pulo do Gato chega aos 18 pontos ganhos e agora se prepara para enfrentar o último colocado, Hortolândia, fora de casa, na próxima terça!